sexta-feira, 12 de agosto de 2016

NITERÓI ECOCULTURAL - GESTÃO CRIATIVA E RESPONSÁVEL DO LIXO: Niterói EcoCultural diploma mais de 400 alunos


 









12/08/2016 - A Prefeitura de Niterói e a Secretaria de Estado de Ambiente diplomaram mais de 400 alunos do Primeiro Módulo do projeto Niterói EcoCultural, em cerimônia realizada na noite de ontem (11.08), no Teatro Popular Oscar Niemeyer.

A solenidade foi aberta pelo Secretário de Cultura de Niterói, Arthur Maia, pelo ambientalista Roberto Felix, representando o Secretário Estadual de Ambiente, André Correa, pela geógrafa Dionê Marinho, representando o vice-prefeito, e pelo coordenador do Projeto EcoCultural, Davy Alexandrisky.

De acordo com o Secretário Municipal de Cultura, Arthur Maia, o EcoCultural, com suas três oficinas, Eco Música, Eco Design e Eco Moda, une cidadania, conscientização e boas práticas, ao ressignificar uma enorme quantidade de materiais descartados pela cidade, dando novo uso a eles, através da qualidade artística.

Para o ambientalista Roberto Felix, a iniciativa é de extrema importância, pois envolve a sociedade e trabalha não apenas a reciclagem e a consciência ambiental, mas também o combate ao preconceito, ao promover o reuso de materiais. Felix defendeu ainda que o programa deve ser estendido para todo o Estado do Rio.

A geógrafa Dionê Marinho lembrou que Niterói dá um grande salto de qualidade e exemplo ao formar pessoas com a finalidade de transformar lixo em obras de arte.

Já o coordenador do EcoCultural, Davy Alexandrisky fez um balanço sobre as ações já desenvolvidas e ressaltou que, em apenas 6 meses, os mais de 400 alunos do programa já retiraram cerca de 4 toneladas de lixo das ruas de Niterói.

“Todo esse material descartado foi transformado em móveis, roupas e instrumentos”, destacou Alexandrisky.

Após a cerimônia de diplomação, o público presente ao Teatro assistiu a um grande espetáculo com a participação de mais de 200 alunos das oficinas desenvolvidas pelo programa.

Os primeiros a subirem no palco foram os integrantes da oficina de Eco Música, coordenada pela musicista Regina Café. Os jovens encantaram a plateia ao apresentar arranjos de temas consagrados da música brasileira, tocados em instrumentos construídos com materiais descartados.

“Enxergamos no descarte a matéria prima para a produção de instrumentos”, disse Regina Café.

Em seguida, a coordenadora da oficina de Eco Design, Viviane Martins, apresentou, junto com seus alunos, móveis como cadeiras, mesas, armários etc, além de utensílios para o lar, desenvolvidos pelo projeto.

“No Eco Design, transformamos o lixo em objetos de desejo”, falou Martins.

O gran finale ficou por conta do desfile com modelos vestindo roupas e acessórios, inspirados nos traços de gênios como Oscar Niemeyer e Lygia Clark, produzidos a mão, a partir de vestuário em desuso, pelos alunos da oficina de Eco Moda, coordenada pelo estilista Almir França.

“Trabalhamos a educação ambiental ao experimentar diferentes possibilidades de tecidos e novas formas de se fazer moda, assim nasceu essa coleção exclusiva”, revelou Almir França.

O NITERÓI ECOCULTURAL:
O projeto Niterói EcoCultural, uma parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Niterói, é uma ação de conscientização sobre o descarte de resíduos sólidos. A iniciativa oferece oficinas culturais e sustentáveis para moradores de comunidades de Niterói.

Com atuação em três eixos - Ambiente, Arte e Cultura -, o programa tem o objetivo de alertar à população quanto ao descarte correto do lixo, além de garantir alternativas de renda para as famílias envolvidas, por meio da reciclagem de materiais. A ideia é aliar a questão da educação ambiental, com medidas que envolvam o social e a cultura para intermediar o hábito de reaproveitamento de materiais sem uso ou danificados.

Fonte: Prefeitura de Niterói











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.