sábado, 13 de agosto de 2016

"GRAEL - AMOR PELO MAR": Campeões da vela em exposição



Público tem a oportunidade de navegar virtualmente pela Baía de Guanabara. Foto: Evelen Gouvêa


Raiana Collier

Mostra no Espaço Cultural Correios em homenagem à família Grael segue em cartaz até 24 de setembro

Inaugurada no início do mês, a exposição “Grael – Amor pelo mar” já contabiliza muitos visitantes para o Espaço Cultural Correios, no Centro de Niterói. O clima olímpico é um dos motes que vêm atraindo as visitas para a mostra em homenagem à família Grael, de Lars e Torben Grael, atletas consagrados da vela brasileira e crias da cidade.

O diretor-criativo da exposição, Gabriel Guimarães, contou que a visitação da mostra vem alcançando bons números desde sua inauguração.

“A época de Jogos Olímpicos é uma boa oportunidade para levantar o tema em uma abordagem familiar e local. Queríamos trazer uma história que tem forte ligação com a cidade de onde vem a família, e que tem identificação com a vela. E é um ambiente que tem tudo a ver, à beira da Baía de Guanabara, onde o Brasil se desenvolveu tanto”, detalhou.

O coordenador do Espaço Cultural Correios, José Carlos Julião, apontou os recursos interativos, como os óculos que simulam uma velejada em realidade virtual, como atrativos da mostra.

“O público está vindo com bastante interesse. A exposição tem uma parte de interatividade, o que é muito bacana porque atrai os jovens, que gostam bastante de esporte. Até mesmo os adultos, idosos, têm a oportunidade de navegar virtualmente pela Baía de Guanabara”, relatou.

O aposentado Guido Pfeffer, de 74 anos, foi com a esposa conhecer um pouco mais sobre a famosa família da vela.

“Nós, de Niterói, somos muito da vela, né? Conheço a família Grael de longa data, e foi bom ver a história sendo tão bem-contada. A exposição está muito interessante, muito bem-organizada”, elogiou.

A história da família Grael começa bem antes dos irmãos niteroienses que reúnem sete medalhas em Jogos Olímpicos. Seus tios maternos, Axel e Eric Schmidt, além de terem sido os primeiros brasileiros tricampeões mundiais, também foram atletas olímpicos na Cidade do México (1968) e em Munique (1972). Em 2016, Martine e Marco, filhos de Torben, também estão na disputa pela medalha.

“Grael – Amor pelo mar” fica em cartaz até o dia 24 de setembro, das 11h até as 18h, de segunda a sábado (exceto feriados). O Espaço Cultural Correios – Niterói fica na Avenida Visconde do Rio Branco, 481 – Centro. A entrada é gratuita.

Fonte: O Fluminense


---------------------------------------------------

LEIA TAMBÉM:

Órgão máximo da vela mundial destaca a tradição da família Grael: "Grael Family Sailing Dynasty"

BAÍA DE GUANABARA: "Gestão do lixo flutuante será legado dos Jogos Olímpicos para a Baía de Guanabara", secretário André Correia
GLOBO ESPORTE: Axel Grael, irmão de Torben e Lars, se divide entre lixo da Baía e torcida pela família
NBC News publica reportagem sobre a contribuição do Projeto Grael para a despoluição da Baía de Guanabara
BAÍA DE GUANABARA EM DEBATE NO MAC
UFF - TORBEN GRAEL: um campeão da vela focado na inclusão social
Niterói terá lançamento de filme sobre a Baía de Guanabara e debate "Águas e Vidas Escondidas"
REPORTAGEM DA BBC SOBRE LARS GRAEL E O PROJETO GRAEL










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.