sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Representantes da Prefeitura de Niterói debatem projetos com moradores de Piratininga


Representantes do governo municipal se reuniram, na noite da última quinta-feira (10.10), com moradores de Piratininga para tirar dúvidas sobre as obras do programa Bairro Novo, que está em andamento no bairro, e para ouvir outras demandas da comunidade.

Piratininga é o primeiro bairro beneficiado com o Bairro Novo, uma parceria do governo estadual com a Prefeitura de Niterói, que fará a microdrenagem, urbanização e pavimentação de 141 ruas da Região Oceânica, totalizando 56,2 quilômetros, com investimento de R$ 88,4 milhões. As obras começaram em setembro pela Rua Orestes Barbosa. No bairro, 25 vias serão contempladas. O programa também chegará ao Maravista, Engenho do Mato, Itaipu, Bairro Peixoto e Camboinhas.

A reunião foi realizada na Escola Estadual Almirante Tamandaré e teve a participação do vice-prefeito, Axel Grael; da secretária Executiva, Maria Célia Vasconcellos; do secretário de Obras e Infraestrutura, Domício Mascarenhas; da secretária de Conservação e Serviços Públicos, Dayse Monassa; do secretário de Participação Social, Anderson Pipico; do administrador regional da Região Oceânica, Carlos Boechat, além de representantes do governo do Estado e da empresa que está realizando as obras.

O encontro começou com o secretário Anderson Pipico fazendo uma apresentação detalhada do projeto. Em julho, antes das obras começarem, os moradores de Piratininga participaram da primeira reunião sobre o assunto. Além da microdrenagem e pavimentação, as ruas receberão calçadas e sinalização horizontal e vertical.

O vice-prefeito Axel Grael explicou aos moradores que o Bairro Novo não é a única intervenção que a prefeitura está fazendo para melhorar as condições de vida da Região Oceânica. “Estamos vivendo um momento histórico em que essa administração está tirando projetos antigos da gaveta. Além da urbanização das ruas, estamos trabalhando em várias frentes. Teremos a TransOceânica, que vai ligar o Engenho do Mato a Charitas, com BRTs e o túnel do Cafubá que começará a ser escavado no primeiro semestre de 2014. O Estado está dragando a Lagoa de Piratininga, estamos planejando a licitação para a criação de um parque na orla da lagoa. Também vamos resolver um problema antigo, que é a drenagem do Santo Antônio”, disse o vice-prefeito.

O secretário Domício Mascarenhas acrescentou que, após a conclusão do Bairro Novo, em dezembro de 2014, a drenagem e pavimentação das ruas da RO terão continuidade com recursos no valor de R$ 180 milhões do PAC da Pavimentação, cuja proposta a prefeitura já apresentou ao governo federal.

A discussão dos problemas dos bairros com os moradores foi destacada pela secretária Maria Célia. “Retornamos a Piratininga para continuar a debater e fazer desse contato entre o governo e a população um hábito para que possamos avançar ainda mais nas melhorias para a nossa cidade. As obras do Bairro Novo estão a pleno vapor e estou muito satisfeita de voltar a essa escola para continuar esse diálogo com os moradores”, afirmou a secretária.

Após a explanação sobre os projetos e obras para o bairro, os moradores fizeram perguntas e demandas para diversas áreas, como educação, transportes e saúde.

Fonte: Prefeitura de Niterói



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael. Obrigado.