segunda-feira, 7 de novembro de 2016

LIXO MARINHO: Países reúnem-se na Alemanha para debater o problema



Lindsey Hoshaw.


Países mais ricos do mundo concordam que é necessário estender, de forma global, plano de ação para combate ao lixo marinho.

A preocupação dos países que integram o grupo do G7 com a grave situação do lixo marítimo foi discutida, nos dias 25 e 26 de outubro, em Bremen, na Alemanha, no workshop “Ampliando a ação do G7 no combate ao lixo marinho”, que contou com a participação do Ministério do Meio Ambiente brasileiro. A convite do Ministério Federal do Meio Ambiente, Infraestrutura e Segurança Nuclear alemão (BMUB), o gerente de Gerenciamento Costeiro do MMA, Regis Pinto de Lima, e o analista ambiental Salomar Mafaldo participaram do evento que reuniu três países do grupo do G20: Brasil, África do Sul e Indonésia.

“Durante dois dias, 47 especialistas discutiram uma forma de estender o plano de ação de combate ao lixo no mar, que hoje já está em execução nos países do G7, diante da constatação de que o problema afeta de forma global os oceanos”, afirmou Regis Lima. A presença do lixo que chega nos oceanos vindos do continente, segundo explicou, é um dos principais problemas que afetam a biodiversidade marinha (peixes, aves, tartarugas, golfinhos, baleias), a pesca, o turismo, o lazer/recreação, além da saúde humana.

Regis Lima afirmou que o Brasil participou ativamente dos debates e agora o assunto será levado ao ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, para que o MMA possa liderar esta agenda ambiental, social e econômica.

“Nesse sentido, estamos propondo a realização do 1º Seminário Nacional sobre o Lixo no Mar em 2017, envolvendo os governos federal, estaduais, municiais, pesquisadores, empresários, terceiro setor e a sociedade como um todo com o objetivo de elaborar a estratégia brasileira nesse assunto”, adiantou o gerente.

RESÍDUOS AO MAR

Esta agenda é considerada prioritária pela gerência do MMA, diante da falta de informações sobre o lixo no oceano, já que somente existem pesquisas pontuais ao longo da costa brasileira. “O continente produz cada vez mais resíduos que são lançados no mar, alguns microscópicos, como o plástico, e que acabam entrando na cadeia alimentar de peixes, crustáceos e mamíferos, sendo ingeridos depois também pelas pessoas”, alertou Regis Lima.

Ele reconhece que se trata de uma iniciativa complexa, mas essencial para que o país tenha um retrato da presença do lixo no Oceano Atlântico. “Será fundamental mapear em que locais o lixo está mais concentrado, o tipo de lixo, a contaminação que está causando e como iremos tratar o problema”, disse o gerente do MMA.

Regis Lima lembrou que o ministro do Meio Ambiente, como parlamentar e coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista, após uma ampla discussão com a sociedade civil, apresentou em 2013 o projeto de lei 6969, conhecida como Lei do Mar, mas as pressões contrárias estão dificultando a sua aprovação na Câmara dos Deputados.

De acordo com a justificativa do projeto, a zona costeira, hoje abriga inúmeras atividades econômicas com potencial de degradação ambiental e poluição. Entre essas múltiplas atividades, muitas possuem um potencial poluidor significativo, como as atividades portuária, petrolífera e química, a agricultura, a pecuária, a pesca, o turismo e o desenvolvimento urbano. Além dessas, há uma grande variedade de atividades industriais encontradas na zona costeira, incluindo: agroindustrial, alimentos, bebidas, borracha, calçados, editoração, extração mineral, farmacêutica, madeira, materiais elétricos, materiais de transporte, mecânica, metalúrgica, minerais não metálicos, mobiliário, papel, plástico, semicondutores, software, têxtil, vestuário e outras.

A Lei do Mar propõe uma gestão costeira que cumpra seus objetivos, como o da “incorporação da dimensão ambiental nas políticas setoriais voltadas à gestão integrada dos ambientes costeiros e marinhos, compatibilizando-as com o Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro – PNGC”.

Fonte: Ministério do Meio Ambiente




 --------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

RECICLAGEM: O que acontecerá se não reciclarmos?
BAÍA DE GUANABARA: lançamento em Niterói de livro sobre programa que teve a participação do PROJETO GRAEL

LIXO FLUTUANTE

Projeto Grael divulga relatório para contribuir para a solução do lixo flutuante na Baía de Guanabara
EVENTO TESTE NA BAÍA DE GUANABARA - Quase 30 toneladas de lixo são recolhidos na Baía de Guanabara
ECOBARCOS VOLTAM A OPERAR NA BAÍA DE GUANABARA: Baía recebe 90 toneladas de lixo/dia
Lixo flutuante: um problema que parece se agravar na Baía de Guanabara

INICIATIVAS DE NITERÓI NA ÁREA DA RECICLAGEM E DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL SOBRE O LIXO

NITERÓI ECOCULTURAL - GESTÃO CRIATIVA E RESPONSÁVEL DO LIXO: Resíduos são utilizados em projetos que valorizam a sustentabilidade
NITERÓI RECICLA 5% DO SEU LIXO. A média da Região Metropolitana do RJ é de cerca de 1%
LIXO - Mutirão recolhe 900kg de lixo da enseada localizada após a Prainha de Piratininga
Lixo reciclável dará desconto na conta de luz em Niterói
CLEAN UP DAY - Dia de limpar praias em Niterói
Mobilização em Niterói para limpar praias
CLIN realiza mutirão de limpeza e campanha de conscientização em comunidade no bairro do Centro
CLIN realiza mutirão de limpeza nas pedras do Gragoatá e Boa Viagem

PROJETO GRAEL E LIXO FLUTUANTE

PROJETO GRAEL RECEBEU O "NOMADES DES MER": Expedição dá volta ao mundo em busca de tecnologias sustentáveis
PROJETO GRAEL: Nova parceria para despoluir a Baía
Lars Grael anuncia programa educacional sobre o lixo em parceria do Projeto Grael com a Parley Ocean School e com patrocício da Adidas
Projeto Grael divulga relatório para contribuir para a solução do lixo flutuante na Baía de Guanabara
PROJETO GRAEL, PARLEY FOR THE OCEANS E ADIDAS lançam programa educativo sobre lixo marinho
PARLEY OCEAN SCHOOL, PROJETO GRAEL E ADIDAS lançam programa educacional sobre o lixo marinho
BAÍA DE GUANABARA - "THE DISCARDED": Filme lançado ontem em Niterói aborda poluição e outros desafios da baía
GLOBO ESPORTE: Axel Grael, irmão de Torben e Lars, se divide entre lixo da Baía e torcida pela família
NBC News publica reportagem sobre a contribuição do Projeto Grael para a despoluição da Baía de Guanabara
DIA DA TERRA AO REDOR DO MUNDO - LIXO: Como 5 países estão enfrentando os problemas do lixo
Iniciativas do Projeto Grael na prevenção do lixo flutuante da Baía de Guanabara
CONFERÊNCIA LIVRE DO LIXO MARINHO NO PROJETO GRAEL.
Associação Brasileira do Lixo Marinho realiza conferência na sede do Projeto Grael
"Lixo flutuante - de onde vem?". Projeto Grael participa de programação do MAC
Poluição da Baía de Guanabara: entrevista da equipe do Projeto Grael repercute na mídia internacional
Projeto Grael foi objeto de matéria no Bom Dia Brasil, da Globo
Equipe do Projeto Grael visita a Grota do Surucucu
Assista matéria sobre as ações ambientais do Projeto Grael exibida pela Rede Brasil
Lixo flutuante na Baía de Guanabara: vídeo sobre niciativas ambientais do Projeto Grael

Vídeos sobre o Projeto Grael

BOM DIA RJ NO PROJETO GRAEL: Barco-laboratório que dá volta ao mundo chega em Niterói para parceria com o Projeto Grael
PROJETO GRAEL RECEBE BARCO SUSTENTÁVEL: Nômades do ambiente ancoram em Niterói
Lars Grael anuncia programa educacional sobre o lixo em parceria do Projeto Grael com a Parley Ocean School e com patrocício da Adidas
PROJETO GRAEL REPERCUTE NA ESPANHA: "Los otros Juegos: un medallista olímpico de vela ayuda a miles de niños desfavorecidos"
BAÍA DE GUANABARA: "Gestão do lixo flutuante será legado dos Jogos Olímpicos para a Baía de Guanabara", secretário André Correia
NBC News publica reportagem sobre a contribuição do Projeto Grael para a despoluição da Baía de Guanabara
BAÍA DE GUANABARA EM DEBATE NO MAC
Niterói terá lançamento de filme sobre a Baía de Guanabara e debate

Contribuições da família Grael no tema do lixo flutuante na Baía de Guanabara

LARS GRAEL NO FANTÁSTICO: 'Competição com obstáculos', diz Lars Grael sobre lixo na Baía de Guanabara
Em entrevista para a Rádio Globo, LARS GRAEL afirma que espera medalhas brasileiras na vela e critica a Baía de Guanabara
BAÍA DE GUANABARA: Entrevista no Projeto Grael para o CANAL+, da França
Entrevista para o SporTV sobre o lixo flutuante na Baía de Guanabara REGATAS OLÍMPICAS - Dentro ou fora da Baía de Guanabara? BAÍA DE GUANABARA POLUÍDA PARA OS JOGOS OLÍMPICOS: matéria do Fantástico - 26-04-2015 "Questão de civilidade": Lars Grael sonha com Baía de Guanabara limpa
Irmãos Grael citados em matéria do jornal inglês "THE GUARDIAN" sobre a Baía de Guanabara
BAÍA DE GUANABARA: XI Congresso Brasileiro de Defesa do Meio Ambiente debateu o saneamento e despoluição da Baía
HISTORIAS DO RIO - ESPN - Mais um belo documentário sobre Lars Grael e a família Grael
Assista à matéria sobre o Projeto Grael no programa "Como Será?", da Globo
A BAÍA DE GUANABARA NA OLIMPÍADA E NA PÓS-OLIMPÍADA








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.