segunda-feira, 1 de julho de 2019

MERCADO MUNICIPAL: Obra de reforma e modernização do espaço tem início







Prédio na Av. Feliciano Sodré será transformado em polo de gastronomia e lazer

A revitalização do Mercado Municipal Feliciano Sodré, no Centro de Niterói, já começou. O edifício, com traços de art decó e da arquitetura neoclássica, está passando por reforma e modernização, mantendo aspectos originais e será transformado em um polo de gastronomia, cultura e lazer. A previsão de conclusão da primeira parte das obras e abertura do mercado é para o segundo semestre de 2020.

A Prefeitura de Niterói e o consórcio Novo Mercado Municipal, vencedor da licitação, firmaram uma Parceria Público Privada (PPP) para a reforma e gestão do espaço por 25 anos. O investimento do consórcio será de R$ 69 milhões em três anos, sendo R$ 30 milhões na reforma do atual prédio.

“A localização estratégica do Mercado Feliciano Sodré o posiciona como potencializador do processo de renovação do centro da cidade”, destaca a secretária municipal de Fazenda, Giovanna Victer.

A diretora do consórcio, Sofia Avny, explica que a obra contará com duas fases. A primeira, recém-iniciada, remodela a estrutura existente do mercado, viabilizando no menor tempo possível a reabertura do local. Nessa etapa serão concluídas todas as intervenções no edifício, desde a demolição de elementos que serão trocados até toda construção complementar, novos espaços, reforço estrutural, fechamentos e anexos. Além disso será acrescida ao terreno a área livre atrás do edifício.

O térreo do mercado será um espaço para comercialização de frutas, incluindo espécies raras e de cultivo orgânico, verduras, legumes, produtos tradicionais da região, açougue, empórios especiais, produtos gourmet, queijos, laticínios e especiarias. No mezanino ficarão restaurante, cervejarias artesanais, adega.


Fonte: O Fluminense







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael. Obrigado.