quarta-feira, 26 de junho de 2019

Cel DICKSON GRAEL homenageado pela COMISSÃO DESPOSTIVA MILITAR DO BRASIL










VOCÊ SABIA QUE... 

O Coronel do Exército Dickson Melges Grael, ex-presidente da Comissão de Desportos das Forças Armadas, que redigiu o Decreto que regulamentou o Desporto Militar Brasileiro, também é patriarca de uma das famílias mais vitoriosas do esporte brasileiro? 

O Iatismo no Brasil, esporte popularmente conhecido como vela, teve enorme incentivo da família Grael. A esposa do Coronel Dickson, Ingrid Grael, também era velejadora, e seus irmãos Axel e Erik Schmidt foram os primeiros brasileiros campeões mundiais de vela, em 1961. 

Hoje, ao se falar neste esporte, imediatamente se remete aos irmãos e medalhistas olímpicos, Torben e Lars Grael, filhos do Cel Dickson e à Martine Grael, filha de Torben, que foi integrante do Programa Atletas de Alto Rendimento (PAAR) do Ministério da Defesa e conquistou o ouro nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Até hoje, a vela deu ao Brasil 18 medalhas olímpicas, sendo 8 delas conquistadas pela família Grael.

Nascido na cidade de Dois Córregos-SP, em 1922, o Cel Dickson sempre foi um grande incentivador do esporte. Pioneiro do paraquedismo militar no Brasil, formou-se na Airborne School nos Estados Unidos, em 1946 e foi instrutor de vários cursos de paraquedismo militar e civil, trazendo este esporte para dentro dos quartéis brasileiros. Também, vale destacar que o Coronel Dickson, junto com o Coronel Paulo Altemburg Brasil, compôs “Irmãos do Condor”, uma das canções mais conhecidas do paraquedismo militar no Brasil, com o tradicional brado: “Quatro pronto, três pronto, dois pronto, um pronto, à porta... já!”.

Realizou o curso de instrutor na Escola de Educação Física do Exército (EsEFEx), em 1949, e foi atleta das Forças Armadas nas modalidades de corrida de fundo, vôlei, basquete e tênis.
Nos anos de 1975 e 1976, Dickson Grael foi presidente da Comissão de Desportos das Forças Armadas, ocasião em que realizou uma reestruturação do órgão, que passou a se chamar Comissão Desportiva Militar do Brasil (CDMB). Redigiu, ainda, o Decreto que regulamentou o Desporto Militar Brasileiro e, nos anos de 1976 e 1977, foi vice-presidente do Conselho Internacional de Esporte Militar (CISM), com sede em Bruxelas, na Bélgica.

Em 2017, o Ministério da Defesa prestou uma justa e merecida homenagem ao Cel Dickson Grael, concedendo-lhe, Post-Mortem, a Medalha do Mérito Desportivo Militar, como reconhecimento a este ícone da história do esporte brasileiro que deixou um legado de conquistas extremamente relevante para o País.

Fonte: Comissão Desportiva Militar do Brasil



-----------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

"AVENTURA, CORRUPÇÃO E TERRORISMO: À SOMBRA DA IMPUNIDADE": o legado democrático e patriótico de Dickson Grael  
Lars Grael visita o Departamento de Desporto Militar do Ministério da Defesa
Família Grael

INGRID SCHMIDT GRAEL: concursos de Miss e os Jogos da Primavera, na década de 1950  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael. Obrigado.