segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Entrevista com o novo secretário de Urbanismo e Mobilidade de Niterói, Renato Barandier






Wellington Serrano

Mais ciclovias e melhorias no trânsito de Niterói

Formado em arquitetura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, o novo secretário de Urbanismo de Niterói, Renato Barandier, de 37 anos, em entrevista para A Tribuna, fala sobre planejamento urbano, Plano Diretor, sustentabilidade, entre outros temas. Com experiência em vários projetos pelo país e empreendimentos de grande porte, foi diretor, em 2012, do Plano de Transporte do Rio de Janeiro (PDTU), no município do Rio, tem experiência tanto nas coordenadorias de licenciamento e fiscalização como na área de planejamento urbano e mobilidade.

Renato Barandier disse que a opção do prefeito pela sua nomeação é um reconhecimento do trabalho que foi feito e a opção pela continuidade. “Vamos manter a linha da Verena (Andreatta), os mesmos planos, projetos, consolidar todas as conquistas que tivemos nesses quatro anos que teve o passivo de planejamento zerado. Quando assumimos tínhamos planos e projetos atrasados há 20 anos, como o caso do PUR de Pendotiba, que foi feito. A Transoceânica era aguardada há mais de 40 anos e já está com os túneis prontos e será concluída até o fim do ano. A Lei de Hotéis que era um pleito antigo da cidade, o Plano Diretor, que estava atrasado há 14 anos e que vai para Câmara agora nesse mês, e a requalificação do Centro”, explicou o secretário.

Segundo Barandier, Niterói vai continuar a investir em políticas sustentáveis e inteligentes para reduzir o congestionamento de seu centro urbano. “Além da reestruturação e modernização do seu sistema de transportes públicos, a política de incentivo ao uso da bicicleta como alimentadora deste sistema, como efetivo meio de locomoção para curtas e médias distâncias, e para atividades de lazer, tem norteado os projetos de mobilidade elaborados atualmente pelo poder público local”, ressaltou.

A integração com a Secretaria Executiva vai levar a instalação de 150 bicicletários em Icaraí. O novo secretário disse que o prefeito junto a Neltur, através de uma Parceria Público Privada (PPP), vão remodelar toda a orla da cidade, com requalificação de quiosques, academias de musculação, áreas de lazer, mirante e ciclovia. Em breve teremos novidades na orla”, disse.

O secretário diz que a intenção ainda este ano é implantar uma ciclovia ligando a Zona Sul ao Centro da cidade pela Avenida Roberto Silveira até a Rua São Sebastião, passando pela Avenida Marquês de Paraná, Dr. Celestino e Jansen de Melo. “Estamos vendo a melhor forma porque temos um ponto crítico na saída do Mergulhão na esquina com a Rua Dr. Celestino. O projeto dentro da Operação Urbana Consorciada (OUC) já arrecadou R$ 14 milhões em Outorga Onerosa de empresas para isso, além de outras obras que serão construídas no Centro da cidade”, explicou.

Barandier revela que a construção de um shopping center na Marquês de Paraná, onde atualmente há um hortifruti e uma loja de pneus, vai abrir caminho para alargamento da saída do Mergulhão Ângela Fernandes, construção da ciclovia, ampliação da calçada e da esquina na Dr. Celestino para liberar o fluxo dos ônibus.

“Esta é a área que mais engarrafa no pico da tarde, na hora em que o trabalhador chega cansado do trabalho”, lamenta o novo secretário, que garante que vai acabar com o sofrimento. “Estamos aqui para licenciar empreendimentos com uma contrapartida que tem que ser obrigatoriamente destinada em infraestrutura. É o fato de ter o shopping, que vai permitir que a vida dessas pessoas todas que transitam do Centro a Zona Sul a pé, de bicicletas de carro e de ônibus seja melhorada”, concluiu o novo secretário.

Fonte: A Tribuna







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.