quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Defesa Civil e Guarda Municipal de Niterói atuam no combate a incêndio na Ponta da Areia





Fogo na vegetação do Morro da Penha, no Centro de Niterói.


Órgãos da Prefeitura auxiliaram bombeiros no combate às chamas. Equipes trabalharam durante toda a madrugada 

01/02/2017 - Atendendo demanda do CISP (Centro Integrado de Segurança Pública), uma equipe da Coordenadoria de Meio Ambiente da Guarda Municipal de Niterói prestou auxílio ao Corpo de Bombeiros e à Marinha no combate a um incêndio em Área de Preservação Ambiental no Morro da Penha, na Ponta da Areia, na noite de terça-feira (31.01). As chamas colocaram em risco até mesmo a antiga residência do Barão de Mauá, considerada patrimônio histórico. A equipe permaneceu no local até às 5h, no momento em que as chamas foram controladas. A Guarda suspeita que, devido ao clima quente e úmido, o incêndio tenha sido provocado por combustão espontânea (*).

(*) Comentário de Axel Grael: certamente, a causa do incêndio não foi a combustão espontânea. Consideramos que a chance de ocorrer a combustão espontânea é praticamente nula em condições naturais. Acreditamos que a única possibilidade provável de ignição natural seja a descarga elétrica (raio). Portanto, o mais provável que o incêndio na vegetação do Morro da Penha tenha sido causado por ação humana, por razão acidental ou criminosa. Veja porque em: QUEIMADAS: MITOS E VERDADES


O subsecretário municipal de Defesa Civil, major Walace Medeiros, disse que foi colocado em prática o Plano de Contingência do órgão. Segundo ele, foi acionada a Brigada de Incêndio do Estaleiro Mauá e foram colocados em alerta os voluntários do Nudec (Núcleo da Defesa Civil em Comunidades) para o caso de haver necessidade de evacuação de residências. Porém, não foi preciso empregá-los.

O major afirmou que a equipe da Defesa Civil permanece de prontidão.

"Acompanhamos o evento por toda a madrugada e ainda permanecemos em contato com as equipes porque ainda há possibilidade de surgimento de novos focos", disse.

Rondas preventivas - Reforçando que a Defesa Civil está realizando rondas preventivas contra queimadas. A primeira delas foi realizada no último dia 19, em Várzea das Moças. A ação contou com a participação de técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Recursos, Hídricos e Sustentabilidade, Guarda Ambiental, CLIN, Parque Estadual da Serra da Tiririca - PESET e voluntários do Nudec Queimadas (Núcleo de Defesa Civil nas Comunidades). A próxima será realizada na semana que vem, em Santa Bárbara, na Zona Norte da cidade.

A ronda preventiva, que faz parte do plano “Niterói contra Queimadas”, tem o papel de conscientizar a população sobre os problemas causados pela queima de lixo doméstico, uso do fogo para limpar encostas, entre outras práticas danosas à vegetação e ao meio ambiente que podem acabar gerando grandes queimadas em vegetação e áreas verdes. A vulnerabilidade do risco de fogo em vegetação sofre a influência direta das condições do tempo. As altas temperaturas registradas recentemente e a pouca quantidade de chuva no município de Niterói são fatores que favorecem para um alto risco de fogo em vegetação. Quase todos os incêndios em vegetação têm origem humana, seja por ação criminosa ou acidental. Provocar incêndio em vegetação, assim como soltar balão, é crime.

Na ação ocorrida em Várzea das Moças, os agentes percorreram as casas das comunidades localizadas próximas à vegetação, as áreas de maior risco e orientaram a população sobre as medidas de prevenção contra queimadas, como não colocar fogo no lixo. Além da conscientização, foi efetuado um cadastro georreferenciado dos moradores, com a utilização de GPS, para que periodicamente seja feito contato em caso de incêndios no bairro.

Para os próximos dias a previsão é de possibilidades de pancadas de chuva no período da tarde/noite e as temperaturas permanecerão estáveis.

Fonte: Prefeitura de Niterói



----------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

QUEIMADAS: MITOS E VERDADES
Casos de queimadas crescem 66% no RJ
Queimadas crescem em 200% no Estado do RJ

Niterói Contra Queimadas

NITERÓI CONTRA QUEIMADAS: Niterói realiza ronda preventiva contra queimadas
NITERÓI CONTRA QUEIMADAS: Defesa Civil realiza Ronda Preventiva contra incêndio em vegetação e queima de lixo
NITERÓI CONTRA QUEIMADAS: Prefeitura promove "Rondas Preventivas"
DEFESA CIVIL: Niterói entra em situação de alto risco de queimadas
SERRA DA TIRIRICA: incêndio causado por balão mobiliza equipes no dia de Natal
PARQUE DA SERRA DA TIRIRICA: Lazer e aventura na natureza
MUDANÇAS CLIMÁTICAS: Prefeitura cria o Grupo Executivo de Sustentabilidade e Mudanças Climáticas de Niterói (GE-CLIMA)
NITERÓI CONTRA AS QUEIMADAS: Drone começa a ser usado no monitoramento de queimadas em Niterói
NITERÓI CONTRA AS QUEIMADAS: queimadas no RJ diminuíram em 2015, mas Niterói teve elevado número de focos
TECNOLOGIA PARA EVITAR TRAGÉDIAS - cooperação UFF e Defesa Civil de Niterói
NITERÓI CONTRA AS QUEIMADAS - Acordo permite que Niterói remunere bombeiros para atuar na prevenção e reposta a incêndios em vegetação na cidade
AUMENTA O RISCO DE INCÊNDIO EM VEGETAÇÃO EM NITERÓI - Colabore fazendo a sua parte. Evite o fogo, não solte balões e tome cuidado com fogos de artifício!
NITERÓI CONTRA QUEIMADAS - Experiência da Defesa Civil de Niterói na prevenção e combate às queimadas é premiada
NITERÓI CONTRA AS QUEIMADAS - saiba mais detalhes técnicos sobre o programa anunciado pela Prefeitura de Niterói
NITERÓI CONTRA QUEIMADAS: Bombeiros firmam parceria com Prefeitura de Niterói
NITERÓI CONTRA QUEIMADAS - Prefeitura de Niterói lança programa de combate às queimadas

Curso de Formação de Voluntários Contra Queimadas

NITERÓI CONTRA QUEIMADAS: Defesa Civil de Niterói forma mais uma turma de voluntários contra queimadas
NITERÓI CONTRA QUEIMADAS: Trabalho de campo noturno no Morro da Boa Vista para a capacitação dos voluntários do NUDEC Queimadas
NITERÓI CONTRA AS QUEIMADAS - Niterói forma primeira turma do curso de Defesa Civil contra queimadas em vegetação
NITERÓI CONTRA QUEIMADAS - Defesa Civil de Niterói forma a primeira turma de voluntários para o combate a incêndio em vegetação
NITERÓI RESILIENTE - NUDEC QUEIMADAS: Voluntários contra queimadas

Outras postagens de interesse

Polícia Ambiental ultrapassa 2,8 mil ocorrências em 2016
Secas e desmatamento podem levar à savanização da Amazônia
QUEIMADAS: Incêndios criminosos devastam a Amazônia em 2016
QUEIMADAS: Inpe alerta para aumento de 65% no número de queimadas florestais em 2016
FAO: pecuária causou 80% do desflorestamento no Brasil entre 1990-2005
Pesquisa indica que preservação e regeneração de florestas secundárias pode mitigar os efeitos do aquecimento global










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.