sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Parque Estadual da Serra da Tiririca recebe o Projeto de inclusão Montanha Para Todos







Cerca de 40 pessoas participaram no sábado (04/02) do projeto de inclusão Montanha Para Todos, realizado pelo Clube Niteroiense de Montanhismo (CNM) no Parque Estadual da Serra da Tiririca, que é administrado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea). O objetivo da ação consiste na inclusão de pessoas com mobilidade reduzida na prática do montanhismo.

Na sexta-feira (03/02), o parque, localizado na cidade de Niterói, na Região Metropolitana do Rio, foi convidado pelo Clube Niteroiense de Montanhismo para participar de uma palestra na Associação Atlética Banco do Brasil, em São Francisco, com os fundadores do projeto. Essa palestra teve a finalidade de difundir que é possível viver com limitações e quebra de inúmeros limites através de pessoas com dificuldades de mobilização.

Já no sábado (04/02) foi dia de colocar em prática todos os ensinamentos da palestra. Por meio de uma cadeira de rodas especialmente projetada para a promover a acessibilidade das pessoas com mobilidade reduzida às trilhas, o projeto levou Valentina, de 18 anos, vítima de um acidente vascular cerebral (AVC) aos 7 anos, para desbravar a trilha do Morro das Andorinhas, no Parque Estadual da Serra da Tiririca.

“Essa iniciativa é importante pois o parque amplia a visitação para as pessoas que necessitam de certa acessibilidade, proporcionando o prazer de terem contato com o meio ambiente e superarem limites”, disse o chefe da unidade de conservação, Jhonatan Ferrarez.

Com 3.493 hectares, o Parque Estadual da Serra da Tiririca abrange partes dos municípios de Niterói e Maricá. É composto por uma área marinha e outra terrestre.

Fonte: INEA







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.