segunda-feira, 7 de agosto de 2017

RJ MÓVEL: Fui entrevistado hoje no RJTV pela repórter Susana Naspolini



Vista aérea da Avenida Romanda Gonçalves, com trechos já concluídos das obras de drenagem e pavimentação. Poucas ruas de todo o bairro eram pavimentadas. Foto Leonardo Simplicio.

Trecho recebendo meio-fio para prepara-lo para a entrada da pavimentação, que acontecerá ainda na presente semana. Foto Leonardo Simplicio.

Maquinário mobilizado para as obras. Foto Leonardo Simplicio.

A obra conta com mais de 60 trabalhadores envolvidos. Foto Leonardo Simplicio.


COMENTÁRIO DE AXEL GRAEL:

Hoje, participei de matéria do quadro "RJ Móvel", com a repórter Susana Naspolini, do "RJTV - Primeira Edição", da Rede Globo. A matéria foi sobre as obras da Avenida Professora Romanda Gonçalves, que está em andamento sob a iniciativa da Prefeitura de Niterói.

Aquela região de Itaipu tem um dos mais sérios históricos de inundação, problema recorrente e que ocorre desde o início da urbanização daquela área.

Ao longo dos anos, permitiram-se que casas fossem construídas sobre o leito do rio João Mendes e de outras drenagens naturais da região, o que é ilegal, prejudica o meio ambiente, dificulta a manutenção e o desassoreamento dos rios. Também, obras equivocadas fizeram com que a drenagem do bairro fosse prejudicada.

Além dos problemas de drenagem, a região sofreu ao longo de todos esses anos com a falta de pavimentação das ruas, causando muitos transtornos para a população.

As reclamações da população estão sendo finalmente atendidas pela gestão do prefeito Rodrigo Neves.

Apesar das brincadeiras da repórter Suzana Naspolini, características do quadro "RJ Móvel", cabe esclarecer que as obras de drenagem e pavimentação da Avenida Romanda Gonçalves estão bem avançadas e 70% da intervenção já está executada. Já temos 1.300 metros de via concluída, além de 800 metros de sistema de drenagem já implantado e as obras de pavimentação estão acompanhando.

A conclusão das obras está prevista para dezembro, conforme já havíamos prometido em programa anterior à repórter.

"Já está em fase de contratação os projetos executivos de urbanização dos bairros de Maravista, Engenho do Mato, Serra Grande, Maralegre e Santo Antônio. Também está em fase de elaboração o projeto executivo do bairro Boa Vista"

Além das obras ora em curso, outras intervenções serão desenvolvidas para a drenagem e pavimentação das ruas transversais. Estas obras já possuem recursos garantidos, captados junto à Banco de Desenvolvimento da América Latina - CAF, como parte do Programa Região Oceânica Sustentável - PRO-Sustentável. Como disse o secretário municipal de Obras, Vicente Temperini: "Já está em fase de contratação os projetos executivos de urbanização dos bairros de Maravista, Engenho do Mato, Serra Grande, Maralegre e Santo Antônio. Também está em fase de elaboração o projeto executivo do bairro Boa Vista".

A atual administração vem atuando em projetos de infraestrutura e ambientais na Região Oceânica de Niterói, com especial destaque para a TransOceânica, a maior obra de mobilidade da história de Niterói. Vale lembrar que a Avenida Romanda Gonçalves é uma das mais de 150 ruas que já receberam drenagem e pavimentação na atual administração, dentre elas ruas dos bairros de Piratininga, Cafubá, Fazendinha, Bairro Peixoto e outros.

E não paramos por aí. Vem muito mais pela frente.

Axel Grael
Secretário Executivo
Prefeitura de Niterói




------------------------------------------------------------------



RJ Móvel visita a Avenida Romana Gonçalves, Itaipu


Assista ao vídeo com a matéria da repórter Susana Naspolini na Avenida Romanda Gonçalves clicando aqui.




----------------------------------------------------------------------




Av. Profª Romanda Gonçalves tem 70% da macrodrenagem concluída

Previsão é que até dezembro todo o trabalho seja finalizado

As obras de macrodrenagem e pavimentação da Avenida Professora Romanda Gonçalves, no Engenho do Mato, Região Oceânica, seguem em ritmo intenso. Com 70% do projeto executado, a previsão é que até dezembro o trabalho seja concluído. Orçada em R$ 19 milhões, a obra que tem três quilômetros de extensãoé fundamental para o bairro, já que possibilitará a microdrenagem de ruas do Engenho do Mato e do Maravista, além de evitar problemas de alagamentos na região. A área também vai ganhar arborização e calçamento.

A execução desta obra foi dividida em cinco fases. Três delas já foram finalizadas, que são os trechos do Condomínio Colina Azul até a Rua César Donadel, onde o fluxo de água vai desembocar no Rio da Vala; da Avenida 2 até a Rua Adalgisa Monteiro, onde a água desemboca no Rio João Mendes; e da Rua César Donadel até a Estrada Francisco da Cruz Nunes, desembocando também no Rio da Vala.

Já a quarta e quinta etapas estão em andamento. A quarta fase abrange o trecho entre a Rua República Dominicana (antiga Rua 23) e a Avenida 2. Já a última etapa segue da Estrada do Engenho do Mato até a Rua República Dominicana. Nestas duas, o fluxo de água vai para o Rio João Mendes.

De acordo com o secretário municipal de Obras, Vicente Temperini, 70% da obra já foi realizada. Ele lembra que a macrodrenagem da Romanda Gonçalves será muito importante para resolver os problemas de alagamentos desta região, além de ser uma via fundamental para o bairro, uma vez que é paralela à Avenida Central, e após a obra receberá boa parte do fluxo de veículos.

“A Região Oceânica vem recebendo diversas obras importantes de drenagem e pavimentação, como o investimento feito pela Prefeitura de Niterói no Cafubá, Bairro Peixoto, além das obras da TransOceânica. Novas intervenções também serão realizadas. Já está em fase de contratação os projetos executivos do Maravista, Engenho do Mato, Serra Grande, Maralegre e Santo Antônio. Também está em fase de elaboração o projeto executivo do bairro Boa Vista”, disse.

Fonte: O Fluminense



------------------------------------------------------------------


LEIA TAMBÉM:

RJ MÓVEL: Hoje participei do quadro do RJTV, da Rede Globo, falando sobre as obras da Av. Romanda Gonçalves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.