terça-feira, 4 de junho de 2013

O desafio das bicicletas - Editorial do Jornal O Fluminense


É consensual a ideia de que o uso da bicicleta é ecologicamente correto e traz benefícios significativos para o trânsito das grandes cidades. Incentiva-se a prática, mas não é nada fácil a vida de quem opta por deixar o carro em casa e não está disposto a utilizar o transporte coletivo. Apesar dos benefícios à saúde e da economia de tempo com o trânsito, o desafio é grande. A má conservação das ruas, a falta de respeito dos motoristas e a escassez de ciclovias atrapalham o percurso. A falta de uma legislação específica para regular o setor torna a situação ainda mais complicada.

O cenário da cidade de São Paulo pode ser usado como espelho do que acontece nos grandes centros. De acordo com os dados da Secretaria de Estado da Saúde, nove ciclistas são internados por dia em hospitais públicos de São Paulo, vítimas de acidentes de trânsito. Em média, a cada dois dias, pelo menos um dos ciclistas internados morre. No ano passado, 3,2 mil usuários de bicicletas foram internados no estado, o que gerou um gasto de R$ 3,3 milhões ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Diante destes números, mostra-se bastante apropriada a iniciativa da Prefeitura de Niterói de fazer um levantamento de toda a malha de ciclovias da cidade. O estudo servirá como base para a elaboração de um projeto para o incentivo do uso da bicicleta com segurança.  Com pequenas distâncias, a cidade se mostra com grande potencial e esta ação preencherá uma importante lacuna.

No entanto, para garantir melhorias na qualidade de vida da população, são necessárias ações que envolvem todos os níveis de governo. É preciso investimento no transporte público de qualidade, reduzindo emissões de monóxido de carbono, acidentes, gastos e tempo de locomoção.

Fonte: O Fluminense


Um comentário:

  1. Há 100 anos atrás o mundo se deparava com a possibilidade de substituir os veículos não motorizados pelos motorizados. Hoje vivemos exatamente o contrário. Devemos se conscientizar e nos preparar para utilizar veículos motorizados em grandes distâncias. Vamos Niterói, mudar o mundo! Já dizia um jingle ano passado.

    ResponderExcluir

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael. Obrigado.