domingo, 30 de julho de 2017

PARNIT - TRAVESSIA TUPINAMBÁ: Novo caminho para trilhar na cidade



Trilha de cerca de 7,5 quilômetros está acabando de ser sinalizada. Percurso poderá ser feito em aproximadamente 3 horas. Foto: Prefeitura de Niterói/ Divulgação



Giovanni Mourão

Maior trilha ecológica de Niterói, que vai de São Francisco até Piratininga, será inaugurada no próximo dia 16 de agosto

A maior trilha ecológica de Niterói já tem data para ser inaugurada. Com um percurso médio de três horas e aproximadamente 7,5 quilômetros de extensão ligando São Francisco, na Zona Sul, a Piratininga, na Região Oceânica, a Travessia Tupinambá está em fase final de preparação e, no dia 16 de agosto, será inaugurada pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Niterói.

A Prefeitura de Niterói está finalizando a implantação dos totens informativos pelo percurso. No momento, a sinalização começa no Parque da Cidade, porém, chegará até a Praça Dom Orione, em São Francisco. Mesmo sem a abertura oficial, a prefeitura já registrou, apenas em uma manhã de domingo, a passagem de mais de 100 pessoas pelo local.

O passeio é instigante pela paisagem deslumbrante, pela biodiversidade, queda-d’água, variedade de pássaros e, entre as espécies da fauna que podem ser avistadas por lá, estão preá, ouriço-cacheiro, tamanduá-mirim e uma variedade de pássaros.

Segundo o coordenador do Parnit (Parque Municipal de Niterói), Alex Figueiredo, a beleza da trilha já a colocou no circuito de treino de praticantes de corrida em montanha. Ele conta que, atualmente, o parque está implantando a “Trilha dos Eucaliptos”, parte integrante da Travessia Tupinambá.

“Treinamos professores da rede municipal de educação de Niterói para que possam levar os alunos nas florestas, promovendo a educação ambiental. É importante que as crianças, que são grandes multiplicadores, participem de ações, pois levam essas práticas adiante”, detalha o coordenador.

Ele acrescenta que, no dia quatro de agosto, será realizada mais uma oficina com professores e, no dia sete, uma escola da rede visitará a sede, situada no Parque da Cidade.

“Cabe destacar que iremos lançar, até o fim deste ano, o Circuito Temiminó, que implica na interligação de outras trilhas e a reabertura de uma antiga, criando uma grande trilha circular no interior da Unidade de Conservação”, finaliza Alex.

O presidente da Neltur, José Guilherme de Azevedo, destaca a importância da nova trilha, que atesta que, além de seus patrimônios históricos e modernos, Niterói é cercada por um rica e encantadora área ambiental.

“Esta riqueza ecológica tem atraído cada vez mais turistas em busca de novos atrativos. É um apelo a mais para os turistas, que se encantam com a riqueza natural da cidade. Niterói vem, cada vez mais, se estruturando para atrair os turistas pelas suas belíssimas trilhas”, afirma.

A trilha está sendo preparada para ser autoguiada, mas quem preferir um passeio guiado pode entrar em contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente para confirmar os dias e horários disponíveis, através do e-mail areasverdes.pmn@gmail.com. A Neltur pretende, junto ao Parnit, criar fôlderes bilíngues com os roteiros das trilhas da cidade.


Fonte: O Fluminense








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael.