sábado, 8 de março de 2014

Após restauração, prédio dos Correios no Centro de Niterói será inaugurado no dia 21




A exposição de fotos “Aqui mesmo – Niterói vista pelas lentes de Pedro Vazques” poderá ser vista no dia 24. Foto: Léo Fonseca

Patrícia Vivas

Fechado há oito anos, o edifício dos Correios, no Centro de Niterói, reabre no dia 21. O prédio vai abrigar agência e espaço cultural, que funcionará no térreo e no segundo andar

O prédio dos Correios de Niterói, histórico edifício localizado na Avenida Visconde do Rio Branco, no Centro, está em fase final de restauração, e será inaugurado no próximo dia 21. Além da principal agência de correspondências da cidade, e da sede da Região Comercial da empresa que atende Niterói, São Gonçalo e Região dos Lagos, o local vai contar também com um Espaço Cultural.

O espaço ocupará duas salas no pavimento térreo e o segundo andar do prédio. Cada andar tem 1,2 mil metros quadrados. Inicialmente, será apresentada no térreo uma exposição de fotografias intitulada “Aqui mesmo - Niterói vista pelas lentes de Pedro Vazques”. A exposição poderá ser visitada a partir do dia 24, das 9h às 17h, gratuitamente.

Além disso, mais três salas de exposição funcionarão no segundo andar, e uma sala multicultural, que poderá contemplar os segmentos de cinema, música e humanidades. Esses ambientes serão adaptados para receber futuros eventos.

Os Correios são uma das principais empresas patrocinadoras da cultura no país. Essa ação acontece por meio de patrocínios e da gestão cultural em unidades próprias, como será no prédio histórico de Niterói. Com essa iniciativa, a cidade ganha mais uma opção nessa área, com acesso livre a qualquer interessado. É também uma forma de posicionamento da empresa junto ao mercado, para ampliar sua visibilidade e reforçar o seu conceito junto à sociedade.

O edifício – Fechado há 8 anos, o prédio histórico dos Correios é um dos principais patrimônios arquitetônicos de Niterói. Orçadas em R$ 15,3 milhões, as obras de reforma e restauração foram iniciadas em dezembro de 2011 e mantêm as características originais do prédio. Além disso, há a recuperação de todas as fachadas e esquadrias e haverá também iluminação monumental e climatização do espaço. A obra integra o projeto de requalificação da frente marítima da cidade e reforça a parceria entre a Prefeitura e o Governo Federal.

Fonte: O Fluminense




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua. Deixe aqui a sua crítica, comentário ou complementação ao conteúdo da mensagem postada no Blog do Axel Grael. Obrigado.