segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Um irmão Vice-Prefeito

Da esquerda para a direita, Torben Grael, Rodrigo Neves, Axel Grael e Lars Grael. Foto de Leonardo Simplício.


Axel foi eleito ontem em segundo turno na chapa encabeçada pelo ex Deputado Estadual e ex Secretário Estadual Rodrigo Neves do PT.

Axel é nosso irmão mais velho com 54 anos. Engenheiro Florestal formado na UFRRJ, Axel é ambientalista desde jovem, quando ecologia era palavra desconhecida.

No final dos anos 70, fundou o Movimento de Resistência Ecológica, o MORE, em Niterói. Organizou a célebre "Regata do Escovão" que protestava contra a poluição no Saco de São Francisco. O episódio rendeu até matéria no "Fantástico" da Rede Globo.

Ajudou a fundar o Partido Verde em Niterói e sempre foi um lutador pela causa ambiental. Presidiu o Instituto Estadual de Florestas - IEF e por duas ocasiões, a FEEMA (atual INEA), além de ter sido Secretário Adjunto de Meio Ambiente do Governo do Estado do RJ.

Foi conselheiro do Conselho Nacional do Meio Ambiente - CONAMA. Nos últimos anos, assumiu o comando do Instituto Rumo Náutico (Projeto Grael) em Niterói, e mais recentemente, constituiu uma empresa de consultoria ambiental.

Sugeri seu nome ao então candidato Rodrigo Neves, e vejo agora que Axel e Rodrigo, terão um grande desafio pela frente.

Axel deverá conduzir a missão de uma Niterói sustentável. O crescimento dominado pelos interesses da especulação imobiliária, gerou uma cidade verticalizada e sem soluções de mobilidade urbana. Neste tema, Niterói, deve ter um dos piores índices de tráfego e mobilidade do Brasil.

Sua outra missão, alé da bandeira ambiental, deverá ser pela valorização das políticas públicas de esporte integrada na agenda prioritária sócio-educacional do município.

Do prefeito eleito Rodrigo Neves, esperamos um prefeito presente que ande pelas ruas, frequente todos os ambientes e ouça diretamente, os anseios dos munícipes da ex-capital fluminense.

Desmontar os feudos políticos e direitos adquiridos, será uma missão dura, porém, fundamental. Evitar ceder ao assédio da partidarização e loteamento de cargos é outra missão, assim como, nortear a formação da sua equipe pela meritocracia e pela capacidade técnica de gerir e realizar.

O alinhamento com os Governos Estadual e Federal, deve ser estratégico.

Niterói precisava de mudança, e é assim que a maioria do eleitorado votou nesta eleição.

Bons Ventos para Niterói.

Lars Schmidt Grael


----------------------------------
Fonte: http://www.larsgrael.com.br/

Lars Grael participa de clip da banda He Saike com música sobre superação ("Vou Seguir em Frente")

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Axel Grael faz denúncia de infestação de ratos em Niterói




O vídeo acima é uma denúncia que apresentamos pela omissão e o descaso da Prefeitura de Niterói com a saúde da população, ao abandonar as rotinas de controle de vetores e de zoonoses na cidade.

As cenas acima parecem fazer parte de um filme de horror, mas foram registradas na Estrada Celso Peçanha, uma via movimentada de Niterói, que faz a ligação entre o Largo da Batalha e Santa Rosa, pela "Garganta".

Junto à calçada, por onde passam pedestres e onde crianças brincam, há um barranco com vários buracos, que nada mais são do que ninhos de ratazanas. Ao entardecer, os animais saem do abrigo e vagam pelo entorno.

Segundo moradores, toda a região está infestadas de roedores. Eu e Cláudio Vicente , veterinário sanitarista e especialista no assunto, ficamos estarrecidos com o que presenciamos. Ao visitar residências próximas ao local verificamos indícios da presença dos ratos nos quintais e até interior das casas.

Assumi o compromisso com a comunidade que na gestão de Rodrigo Neves teremos uma política de Controle de Vetores e Zoonoses, setor há muito tempo abandonado na cidade. Quando fui presidente da FEEMA, órgão ambiental do estado do RJ hoje extinto e substituído pelo INEA, junto com a experiente equipe da área de vetores do órgão desenvolvemos programas educativos comunitários que reduziram infestações em até 80%.

É o que faremos na Vila Rosa e nas comunidades vizinhas. Faremos um grande mutirão envolvendo o Centro de Zoonoses, a CLIN e as secretarias de Saúde, Meio Ambiente e Educação para fazer o combate à infestação e um programa de educação ambiental e sanitária para que a população não permita o acúmulo de lixo, que é o que promove a proliferação de ratos.

Verificaremos em toda a cidade outros pontos infestação e acabaremos com essa situação vergonhosa em Niterói.

Da CLIN, cobraremos um trabalho eficiente de coleta de lixo para que o mesmo problema não volte a acontecer.

Caso eleito como vice-prefeito, eu cuidarei pessoalmente da execução dessas ações.

O ABANDONO DAS COMUNIDADES CAUSA INDIGNAÇÃO. NITERÓI MERECE RESPEITO. É HORA DE RODRIGO NEVES.

NO DIA 28, por uma gestão municipal com compromisso e responsabilidade, VOTE 13!!!

Axel Grael visita ciclovias no Rio e fala sobre o uso de bicicletas em Niterói



Nosso candidato a vice-prefeito, Axel Grael, mostra que as ciclofaixas disponíveis atualmente em Niterói são mal planejadas, perigosas e insuficientes para auxiliar na mobilidade urbana da cidade.

Niterói precisa de ciclovias de verdade, com espaço para o pedestre e placas de sinalização. Com as ciclovias, Niterói se tornará uma cidade mais saudável e mais sustentável.

Conheça o programa de governo da coligação "Vamos, Niterói": http://www.rodrigoneves13.com.br/programa-de-governo

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Programa na TV de Rodrigo e Grael aborda o problema da verticalização urbana em Niterói



Por meio dos testemunhos de Márcia Cristina, moradora de Piratininga, e Olímpia, moradora do Centro, conhecemos as graves consequências do abandono da saúde pela atual prefeitura. Para resolver esse problema, Rodrigo Neves se compromete a priorizar a recuperação, o reequipamento e a modernização dos serviços e unidades de saúde que já existem em Niterói. Os depoimentos de Sérgio Murilo e Maria Bárbara ilustram os prejuízos do avanço da especulação imobiliária durante a atual prefeitura: trânsito caótico, saturação, queda da qualidade de vida. O vice-prefeito Axel Grael reafirma o compromisso de, junto com Rodrigo Neves, colocar a cidade nos rumos da sustentabilidade, do planejamento urbano e do bem estar. Rodrigo Neves completa: chegou a hora de Niterói escolher o caminho da união.

---------------------------

No vídeo, Axel Grael (candidato a vice-prefeito) fala da retomada da autoridade da Prefeitura sobre a política urbana. Rodrigo e Grael não são contra a construção civil, reconhecendo o setor como sendo da maior importância para a economia da cidade e para a geração de empregos.

Mas a Prefeitura recuperará a sua responsabilidade sobre o planejamento e o controle do crescimento urbano, respeitando o mantendo o indispensável debate sobre a política urbana no legislativo municipal para o aperfeiçoamento e atualização da legislação e fortalecendo o COMPUR como instância participativa e de mediação dos conflitos urbanos. Os setores imobiliário e da construção civil serão interlocutores importantes, junto com outros segmentos da socoiedade civil.

Rodrigo e Grael comprometem-se com a revisão e atualização dos PUR's, conforme previsto na legislação de uso do solo. Para o avanço da política urbana serão considerados os princípios da sustentabilidade, da vocação de cada bairro, dos interesses da comunidade local e da manutenção da diversidade urbana.

A Prefeitura se compromete com o cumprimento da legislação referente aos Estudos de Impacto de Vizinhança e a garantia de processos transparentes e participativos de tomada de decisão.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

O melancólico fim do reino da baixaria


RODRIGO NEVES (prefeito) E AXEL GRAEL (vice-prefeito). Niterói é 13!!!!

Felipe Peixoto, candidato do Jorge Roberto Silveira, do Mocarzel e da "turma da boquinha", resolveu baixar o nível da campanha, em flagrante desrespeito aos eleitores e às instituições democráticas.

Propagam boatos, mentiras, desrespeitam decisões da justiça eleitoral e partem para agressão e ainda têm a coragem de falar em "ética" ?!!! Isso tudo é para confundir o eleitor e tentar encobrir a omissão e os mal-feitos da atual gestão.

Enquanto isso, as pessoas de bem e que amam Niterói debatem as soluções para os problemas da cidade e as políticas públicas para a construção de um futuro sustentável com justiça social. É isso que a população quer e precisa: propostas para Niterói.

No primeiro turno, 70% da população de Niterói já deixou claro que quer mudança e votou nos candidatos da oposição. A resposta definitiva virá no dia 28, com a derrota do candidato do prefeito omisso do Morro do Bumba, do Mergulhão, da escandalosa concessão das empresas de ônibus, etc.

Está escrito...:

2012 será o ano do fim do falido reino do 12!!!

2013 será o começo da gestão do 13, que recuperará a credibilidade da Prefeitura e a esperança por um futuro melhor para Niterói.


NO DIA 28, VOTE RODRIGO NEVES E AXEL GRAEL. VOTE 13!!!

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Venda de bikes supera a de carros na Itália

"O mercado europeu de carros é um desastre", disse o presidente da Fiat.

Cena de "O ladrão de bicicletas".

Tá aí uma notícia inesperada. Na Itália, país da Ferrari e da Lamborghini, a venda de bicicletas ultrapassou a de carros pela primeira desde a 2ª Guerra Mundial. Foram 1,75 milhão bicicletas compradas em 2011, contra 1,748 carros. Diferença pequena, será que vai se tornar uma tendência?

O feito é ainda mais surpredente por ter ocorrido a Itália, onde a população é louca por automóveis - são 60 carros por cada 100 habitantes, uma das taxas mais altas do mundo. De acordo com a wikipedia, o país fica em 10º lugar. O primeiro é de Mônaco, com incríveis 90 carros por cada 100 habitantes.

A Business Insider conta que os carros se tornaram um símbolo de status na Itália a partir da década de 1960. Mas a crise econômica e os altos níveis de desemprego atingiram a indústria automobilística no país. Em 2011 a venda de carros caiu para níveis não vistos desde os anos 1970. Estimativas apontam que um carro na Itália custa € 7 mil por ano, com a gasolina a € 2 o litro.

"Entre os 60 milhões de italianos, 6,5 milhões usam bicicletas para ir ao trabalho ou escola, enquanto 10,5 milhões utilizam de forma ocasional, especialmente nos fins de semana".

Com isso, os italianos investiram em novas bicicletas ou tiraram as velhas da garagem. Entre os 60 milhões de italianos, 6,5 milhões usam bicicletas para ir ao trabalho ou escola, enquanto 10,5 milhões utilizam de forma ocasional, especialmente nos fins de semana.

E a crise na indústria automobilística italiana não parece diminuir. O jornal La Reppublica informa que em agosto houve uma queda de 20% nas vendas em comparação com o mesmo mês de 2011. O presidente da Fiat, Sergio Marchionne, disse recentemente que "o mercado europeu de carros é um desastre".

E parece que em meio à crise, as bicicletas surgem como boa opção. Agora, é só tomar cuidado com os ladrões.

Fonte: Blog de Bike, site de O Globo

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Torben e Lars Grael participam de corpo-a-corpo em apoio à chapa Rodrigo Neves e Axel Grael para a Prefeitura de Niterói

Hoje, dia 11 de outubro, Rodrigo Neves e Axel Grael, candidatos a prefeito e vice-prefeito de Niterói em disputa do segundo turno das eleições, contaram com um reforço e tanto na campanha: os velejadores e medalhistas olímpicos Torben e Lars Grael, irmãos de Axel. Os atletas conversaram com eleitores e defenderam as propostas de Rodrigo e Axel para mudar a forma de administrar a cidade e resolver os problemas que preocupam a população.


Da esquerda para a direita, Torben Grael, Rodrigo Neves, Axel Grael e Lars Grael. Foto de Leonardo Simplicio.


Rodrigo Neves e irmãos Grael conversam com Luciano Paes e Daniel Marques, militantes do PV. Foto de Leonardo Simplicio.


Axel Grael cumprimenta eleitores. Foto de Edésio Oliveira.


Rodrigo Neves e Axel Grael apresentam o Programa de Governo para eleitora. Foto de Leonardo Simplicio.


Lars, Torben, Rodrigo e Axel ouvem eleitora. Foto de Leonardo Simplicio.


Torben, Lars, Axel e Rodrigo cumprimentam eleitora. Foto de Leonardo Simplicio.

Lars Grael cumprimenta Daniel Marques, o primeiro vereador eleito pelo PV na história da cidade. Foto de Leonardo Simplicio.

Saiba mais sobre as propostas de Rodrigo Neves e Axel Grael para Niterói em www.rodrigoneves13.com.br

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Lars Grael pede gestão esportiva mais democrática e transparente


O velejador Lars Grael.

O velejador Lars Grael divulgou nota nesta quarta-feira (27) em resposta ao recuo do Ministério do Esporte da posição de só repassar recursos públicos às confederações com dispositivo que limite os mandatos dos dirigentes. No texto, ele pede uma gestão esportiva mais democrática, plural e transparente. Para o atleta, esperar por 2017, como pretende o Executivo, seria um “equívoco histórico”.

A nota expressa a posição do movimento Atletas pela Cidadania e lembra que as entidades de administração do desporto são entidades de direito privado, mas representam um bem público nacional, que é o esporte. “[As entidades] vivem e se abastecem de investimentos majoritariamente públicos. Nada mais natural e democrático que nossos dirigentes tenham noção de transitoriedade”, pondera.

Lars afirma ainda que as confederações têm usado a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016 para adiar a mudança. Para ele, os bons presidentes de confederações poderão terminar seus mandatos e, se forem bons, serão capazes de eleger um sucessor. “Não queremos cartolas, queremos gestores e que sejam profissionalizados. Queremos que atletas, treinadores e árbitros tenham direito ao voto”, pede.

O texto de Grael foi divulgado um dia depois do deputado federal Romário também pedir para o ministro Aldo Rebelo não recuar. Para o Baixinho, a ato de velejador demonstra cidadania. “Espero que outros atletas venham a público pedir a mudança. Este movimento tem que crescer”, declarou Romário.

Confira a íntegra da nota de Lars Grael:

-------------------------------------------------
Recuar, jamais!

Esta é posição do movimento Atletas pela Cidadania diante a um eventual recuo do Ministério do Esporte na posição de condicionar investimentos públicos para as confederações com um dispositivo que limite os mandatos dos coronéis do esporte.

Seria a hora de fincarmos a bandeira por um modelo de gestão esportiva mais democrática, plural e transparente.

As entidades, no caso Olímpico e Paralímpico, vivem e se abastecem de investimentos majoritariamente públicos. Nada mais natural e democrático que nossos dirigentes tenham noção de transitoriedade. Seria uma grande contribuição do Ministro Aldo Rebelo para o futuro do esporte brasileiro.

Usar a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016 como reféns, do “não se pode acabar agora com um trabalho encaminhado para estes eventos globais”, não serve!

Os bons presidentes de confederações poderão terminar seus mandatos, e se forem bons, serão capazes de eleger um sucessor. Outros que se perpetuam por décadas perceberão a necessidade de separar o público do privado. Separar o pessoal do institucional. O esporte é de todos. É este novo modelo de governança que a sociedade anseia.

Devemos seguir o exemplo a partir da cúpula do esporte, o Comitê Olímpico Internacional, que por iniciativa de seu presidente, o velejador Jacques Rogge, alterou o estatuto do COI permitindo apenas uma reeleição, já a partir de seu próprio mandato.

No Brasil, algumas entidades esportivas adotaram espontaneamente este conceito, como o Comitê Paralímpico Brasileiro.

Não queremos cartolas, queremos gestores e que sejam profissionalizados.

Queremos que atletas, treinadores e árbitros tenham direito ao voto.

O lobby das confederações poderá atropelar este movimento pela democracia no esporte. Podemos até perder esta batalha, mas ganharemos a guerra, por que a causa é certa. Defender a tirania da cartolagem, é indefensável.

Esperar por 2017, seria incorrer num equívoco histórico.

Lars Schmidt Grael

---------------------------------------
Fonte: romario.org

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

AXEL GRAEL em programa na TV da Campanha da Coligação VAMOS NITERÓI




Assista à participação de Axel Grael no programa de encerramento da campanha de Rodrigo Neves a prefeito de Niterói. Grael (PV), que é candidato a vice-prefeito na chapa de Rodrigo Neves (PT), fala da importância do perfil de liderança de Rodrigo para promover as mudanças que a cidade precisa para avançar no caminho da sustentabilidade.